4 reflexões para fazer antes de contratar a papelaria do seu casamento

4 reflexões para fazer antes de contratar a papelaria do seu casamento



Vocês fecharam o local e a data do casamento. Agora começa a parte mais legal (na minha opinião): os convites. Ou melhor, a identidade visual. 


É hora de convidar todo mundo para o dia de vocês, mas antes de contratar um(a) profissional para produzir a papelaria do casamento ou mesmo produzi-la por conta própria, vale refletir sobre algumas coisas:


1. Quem são vocês como casal?

Comece tendo uma conversa sincera e tranquila com seu(sua) noivo(a). Dediquem um tempinho, nem que seja cinco minutos, para conversar sobre quem são vocês como casal. Pelo que se sentem mais gratos no relacionamento? O que mais amam no outro? Pensem no que gostam de fazer juntos e em tudo que já viveram. Pensem como isso os levou a ficarem noivos e o que a cerimônia representa pra vocês.


2. Como vai ser o casamento?

Não há nada mais lindo que um casamento que segue uma identidade visual. A decoração combina com a papelaria, que combina com a embalagem dos docinhos, que combina com o estilo do local. Tudo se conversa. Pra isso acontecer, é preciso definir o mood do casamento: industrial, romântico, rústico, urbano, ou o que quer que vocês sintam — e que encaixe no local escolhido.


3. Como seria a papelaria dos sonhos?

Casamento tem a ver com sonho e eu realmente acho que tudo tem que, de fato, ser um sonho realizado para os noivos. Então como vocês sempre imaginaram a papelaria? Quais cores? Com ou sem envelope? Com ou sem monograma? Pra ajudar nessa parte, nada melhor que Pinterest, Instagram e blogs de noivas (como Lápis de Noiva e Noiva Ansiosa). Vocês vão encontrar mil referências e, com certeza, vão se identificar com alguma (ou algumas) delas.


4. Quais informações devem estar presentes na papelaria?

Além do nome de vocês, data, horário, local e endereço, o que mais vocês precisam comunicar para os convidados? Talvez o traje, o RSVP ou a URL do site. Ainda sobre o nome, vale pensar se vocês vão incluir seus sobrenomes e o nome dos seus pais. É importante ter em mente tudo que precisa ser comunicado, para que vocês ou um(a) profissional possa organizar cada informação em seu devido lugar (no convite, no site, em uma tag, e por aí vai).



Criar a identidade visual de um casamento é muito mais do que esses 4 passos, mas eu acho essencial dedicar o início do processo à essa percepção. Ao conhecer. Tanto o profissional (como eu), que está conhecendo os noivos; quanto os noivos, que estão se conhecendo de uma nova maneira.




Se você leu esse texto, refletiu e já tem mil ideias sobre a papelaria dos sonhos: me conta? Eu vou adorar. É só clicar aqui ou comentar aqui embaixo.


(foto: Casa Quintal, tirada por mim)

gostou?